• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • lgpd
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario

    • Banner EBook
    • Chamamento cadastro entidades
    • Banner medidas covid
    • Banner Escala de Plantao
    • Banner Calendario 2023
    • Certidao Negativa

    Sede própria do MPT em Bauru é inaugurada

    Cerimônia de inauguração contou com a presença do procurador-geral do Trabalho, do procurador-chefe do MPT Campinas, de autoridades locais e representantes de entidades da sociedade civil

    Bauru (SP) – A nova sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Bauru foi oficialmente inaugurada em cerimônia realizada na noite dessa segunda-feira (07/11), com a presença do procurador-geral do Trabalho, José de Lima Ramos Pereira, do procurador-chefe do MPT na 15ª Região, Dimas Moreira da Silva, do diretor-geral do MPT, Gláucio Araújo de Oliveira, do conselheiro-secretário do Conselho Superior do MPT, Fábio Leal Cardoso, de procuradores e servidores daquela unidade, além de outras autoridades e representantes de entidades da sociedade civil.

    Imprimir

    Sentença determina que número de profissionais de enfermagem em clínica de Araraquara seja compatível com a carga de trabalho

    Davita Saúde deve adequar-se à legislação do Ministério da Saúde que impõe contingente mínimo para estabelecimentos que atendem pacientes do SUS

    Araraquara -A empresa Davita Serviços de Nefrologia de Araraquara Ltda., multinacional norte-americana de clínicas de hemodiálise, foi condenada pela Justiça do Trabalho a manter, durante o período de atendimento de pacientes, o número mínimo de profissionais de saúde exigido pela lei para evitar a sobrecarga de enfermeiros e técnicos de enfermagem, inclusive em períodos de descanso e em casos de falta no trabalho de empregados, sob pena de multa de R$ 5.000,00 por dia e por trabalhador faltante em cumprimento da Portaria 2.062/2021, do Ministério da Saúde. A ação é do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Araraquara.

    Imprimir

    Outras 9 empresas do interior de São Paulo se comprometem em TAC a coibir assédio eleitoral

    MPT firma acordo extrajudicial com empresas de Bauru, Piracicaba, Potirendaba, Mogi Guaçu, Olímpia, Nova Odessa e Ibaté, com o compromisso de fazer retratação e respeitar livre manifestação de voto

    Campinas - O Ministério Público do Trabalho (MPT) celebrou mais 9 termos de ajuste de conduta (TAC) com empresas do interior de São Paulo que foram denunciadas por prática de assédio moral eleitoral, situadas nas cidades de Bauru (comércio de alimentos), Piracicaba (duas empresas - consultoria de RH e serviços industriais), Potirendaba (serviços de construção), Mogi Guaçu (supermercado), Olímpia (duas empresas - comércio de informática e distribuidora de água), Nova Odessa (embalagens) e Ibaté (indústria).

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos