• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • lgpd
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • Vencedores da etapa regional do Projeto MPT na Escola são premiados

  • Banner EBook
  • Chamamento cadastro entidades
  • Banner medidas covid
  • Banner Escala de Plantao
  • Banner Calendario 2023
  • Certidao Negativa

Vencedores da etapa regional do Projeto MPT na Escola são premiados

Coordenador regional da Coordinfância visitou os municípios ganhadores e entregou medalhas e prêmios a alunos e educadores; premiação nacional agraciou dois trabalhos do interior paulista

Campinas - Nos dias 6 e 7 de dezembro, os vencedores da etapa regional do Prêmio MPT na Escola no interior de São Paulo receberam a visita do coordenador regional da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), Rosivaldo da Cunha Oliveira, que os agraciou com medalhas e vale-presentes. Os jovens são dos municípios de Atibaia, Charqueada e Itatiba.

Nas três cidades, o procurador foi recebido pelas autoridades locais, em reconhecimento ao desempenho dos estudantes no projeto, incluindo os prefeitos de Charqueada e Itatiba, respectivamente, Rodrigo Arruda e Thomás Antônio Capeletto de Oliveira, e pela secretária de Educação de Atibaia, Eliane Doratiotto Endsfeldz. Além destes, também compareceram às cerimônias de premiação secretários e vice-secretários municipais, equipes pedagógicas das escolas vencedoras e familiares dos alunos.

“Foi uma grande satisfação visitar os ganhadores da etapa regional nos seus municípios de origem. Os jovens, bem como os educadores que participaram diretamente do projeto, são merecedores não apenas dos prêmios, mas também da nossa admiração, haja vista a qualidade dos trabalhos apresentados e a dedicação despendida, tanto dos alunos quanto de seus professores e coordenadores. É importante frisar que, dentre os vencedores regionais, tivemos um trabalho vencedor da etapa nacional e um que ficou em segundo lugar nacionalmente. É uma grande vitória”, afirmou o procurador.

O Prêmio MPT na Escola é destinado aos estudantes do 4º, 5º, 6º e 7º anos e aborda assuntos relacionados ao trabalho infantil e à aprendizagem profissional, visando despertar a consciência crítica e cidadã desde a idade escolar. O projeto é promovido pelo Ministério Público do Trabalho em vários estados do país. O objetivo é fomentar a participação de crianças e adolescentes nas ações de conscientização e prevenção ao trabalho infantil. A ideia é mobilizar, incentivar a produção cultural e, no final, premiar e divulgar os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos pelos alunos, bem como reconhecer a dedicação dos educadores envolvidos nas ações de prevenção à violação dos direitos de crianças e adolescentes.

 

Vencedores – Os alunos do município de Charqueada foram os grandes ganhadores regionais nas categorias Música (4º e 5º anos), Conto, Desenho e Música (6º e 7º anos). O município de Itatiba levou o primeiro lugar na categoria Poesia, em ambos os grupos - 4º e 5º anos, e 6º e 7º anos. Atibaia levou nas categorias Conto (4º e 5º anos) e Desenho (4º e 5º anos).

Os alunos e educadores envolvidos diretamente no trabalho vencedor ganharam medalhas e vale-presentes nos valores de R$ 1.000,00 para os estudantes e de R$ 700,00 para os pedagogos, adquiridos com recursos oriundos de uma ação civil pública em trâmite na Justiça do Trabalho de Araçatuba.

Prêmio nacional - A escola EM Eva Cordula Hauer Vallejo, de Atibaia, foi a grande vencedora do prêmio nacional na categoria Desenho, entre os alunos de 4º e 5º anos do ensino fundamental. Com o tema “Escola e família podem transformar a história do mundo”, os estudantes Yasmin Elizabeth Goulart e Ícaro Osiel Paulino Andrade capricharam na ilustração e no conceito, abordando de forma criativa a temática do trabalho infantil e a importância dos pais e educadores no combate, e foram os preferidos dos jurados nacionais.

Entre os alunos de 6º e 7º anos do ensino fundamental, o estudante Samuel Victor Belarmino, da escola EMEB Philomena Salvia Zupardo, de Itatiba, ficou em 2º lugar na categoria Poesia, com o trabalho “Os sonhos são nuvens”.

Cerimônia virtual – Além das cerimônias presenciais, voltadas aos ganhadores regionais do MPT na Escola no interior paulista, a Coordinfância realizou uma premiação virtual aos ganhadores da etapa nacional, que teve também a participação de alunos e professores de Atibaia e Itatiba.

A coordenadora nacional da Coordinfância, Ana Maria Villa Real, destacou que a iniciativa é um projeto que traz informação, conhecimento e que promove cidadania e sonhos. “O trabalho infantil retira oportunidades e faz com que as infâncias e as famílias percam suas esperanças. Nessa seara do combate ao trabalho infantil, muitas vezes a ausência do Estado e de políticas públicas embrutecendo as pessoas e achando que só há realmente aquela possibilidade. O que o MPT na Escola faz é levar esse conhecimento, fazer com que crianças e adolescentes, com a ajuda de educadoras e educadores, tenham conhecimento sobre os seus direitos”, explicou.

Participaram da edição 2021 mais de 500 mil de estudantes brasileiros e cerca de 50 mil educadores de 5 mil escolas localizadas em cerca de 300 municípios.

Para o procurador-geral do Trabalho (PGT), José de Lima Ramos Pereira, o Prêmio MPT na Escola é um dos projetos mais importantes da instituição porque leva informação, conscientização à comunidade escolar, que é o nosso presente e futuro, sobre direitos fundamentais e empoderamento de crianças e adolescentes. “É um projeto de promoção da cidadania que mostra a adolescentes a vastidão de seus direitos. O trabalho infantil é uma grave violação de direitos e que tira vidas, deixa sequelas, retira esperança de nossas crianças e adolescentes. A gente precisa saber que temos tempo para tudo, para estudar, para brincar e para trabalhar”, disse o PGT.

Confira os nomes dos vencedores da etapa regional:

 

GRUPO 1 (4º e 5º anos)

CONTO

1º LUGAR: “Resgatando a esperança”

Alunos (as): Laiany Vitória dos Santos Oliveira e Sarah Cristina Prudêncio da Silva

Escola: E. M. Profª Rita Lourdes C. A. Alvim

Município: Atibaia

DESENHO

1º LUGAR: “Escola e família podem transformar a história do mundo”

Alunos (as): Yasmin Elizabeth Goulart e Icaro Osiel Paulino Andrade

Escola: EM Eva Cordula Hauer Vallejo

Município: Atibaia

POESIA

1º LUGAR: “Criança não deve trabalhar”

Aluno: Danilo Rodrigues Santana

Escola: EMEB Basilio Consoline

Município: Itatiba

MÚSICA

1º LUGAR: “Regue sua escola”

Alunos (as): Rihana Cristine Prado Guedes e André Felipe Viana

Escola: EMEB José Pedro Mariotti

Município: Charqueada

GRUPO 2 (6º e 7º anos)

 

CONTO

1º LUGAR: “O que o destino não faz, os estudos se encarregam de completar”

Alunos (as): HENRICO RODRIGUES LORANDI e MATHEUS RODRIGUES DO NASCIMENTO

Escola: EMEB PROF. AUREA MONTEZZO BEISSMANN

Município: Charqueada

 

DESENHO

1º LUGAR: “Em busca de mudanças”

Aluno: JOÃO VITOR CAMPANHOLO BARBOZA e PAULO RAFAEL LOPES DA SILVA

Escola: EMEB PROF. AUREA MONTEZZO BEISSMANN

Município: Charqueada

POESIA

1º LUGAR: Os sonhos são nuvens

Aluno: SAMUEL VICTOR BELARMINO

Escola: EMEB PHILOMENA SALVIA ZUPARDO

Município: Itatiba

MÚSICA

1º LUGAR: Todos na escola

Aluno: ANDRÉ FELIPE VIANA DA SILVA e MARIA THERESA GARCIA

Escola: EMEB PROF. AUREA MONTEZZO BEISSMANN

Município: Charqueada

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos