• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario

    • banner odonto
    • banner novembro azul
    • Banner Site 11 10
    • Aviso de Desfazimento 2017
    • Aviso convenio julho2
    • banner protocolo
    • Banner audin
    • abaixo assinado trabalho escravo

    Audiência cobra o cumprimento da cota de aprendizagem do empresariado de Rio Preto

    São José do Rio Preto - O Ministério Público do Trabalho, o Ministério do Trabalho e o TRT da 15ª Região - por intermédio do Juizado Especial da Infância e Adolescência (JEIA) de São José do Rio Preto - promoveram nessa quarta-feira (04) uma audiência pública com a presença de mais de 120 empresas para cobrar o cumprimento da cota legal de aprendizagem. O evento aconteceu no Teatro do Sesi e contou com a presença de representantes do Município de São José do Rio Preto, da Ordem dos Advogados do Brasil, de integrantes da rede de proteção à criança, de entidades formadoras de aprendizes, entre outros.  

    Imprimir

    Nova procuradora-chefe do MPT Campinas toma posse em Brasília

    Brasília -  O procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, empossou nesta segunda-feira (2) os 24 novos procuradores-chefes do Ministério Público do Trabalho (MPT) em solenidade em Brasília, entre eles, a procuradora-chefe eleita na 15ª Região, Maria Stela Guimarães De Martin.  A gestão será para o biênio 2017/2019.  “Quero agradecer pela disposição de vocês em assumirem o cargo. Ser procurador-chefe é um desafio enorme. Mas garanto, pela experiência minha quando fui chefe no MPT-DF, é um período de aprendizagem de relacionamento humano, com os colegas, servidores e a sociedade”, destacou Fleury que deu um conselho a todos: ”É imprescindível ter humildade. Isso não tem nada a ver com segurança. Ao contrário, para ter humilde tem que ser muito seguro. Boa continuação para quem foi conduzido e bem-vindo quem vai começar sua gestão”.

    Imprimir

    Justiça Federal condena empresários por reduzir trabalhadores à condição de escravos em carvoaria de Pirajuí (SP)

    Bauru - Três pessoas que mantiveram ao menos dez trabalhadores em condições análogas às de escravo em uma carvoaria nas dependências de uma fazenda no município paulista de Pirajuí foram condenadas pela Justiça Federal, em ação do Ministério Público Federal. Uma das vítimas tinha mais de 60 anos na data dos fatos. Tadeu Estanislau Bannwart e Daniel Antonio Cinto, sócios no negócio de exploração de madeira, foram condenados a cinco anos e 10 meses de prisão, em regime inicial semiaberto. Já Maria Helena Cinto, que esteve à frente da empreitada por cerca de dois meses, teve a pena de três anos, sete meses e 22 dias de reclusão convertida em prestação de serviços comunitários pelo mesmo período, além do pagamento de R$ 5 mil.

    Imprimir

    Audiência discute cumprimento de cota de aprendizagem em São José do Rio Preto

    São José do Rio Preto - O Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério do Trabalho (MT) e o TRT da 15ª Região - por intermédio do Juizado Especial da Infância e Adolescência (JEIA) de São José do Rio Preto - promovem na próxima quarta-feira, 4 de outubro, uma audiência pública com aproximadamente 120 empresas para tratar do combate ao trabalho infantil e do incentivo à aprendizagem. O evento começa às 14 horas, no Teatro do Sesi, que fica na Avenida Duque de Caxias, 4.656 - Vila Elvira.

    Imprimir

    Usina de Votuporanga é condenada em R$ 500 mil por falta de pausas térmicas

    Brasília - O Tribunal Superior do Trabalho confirmou a condenação da Usina Guariroba, de Votuporanga (SP), ao pagamento de indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 500 mil por expor cortadores de cana-de-açúcar ao calor excessivo sem a concessão de pausas para descanso térmico. Com a decisão, o processo transitou em julgado, entrando na fase de liquidação de sentença. A ação tem como autor o Ministério Público do Trabalho em São José do Rio Preto.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos