• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario

    • Funcionamento pandemia
    • coronavirus
    • Informe Coronavirus
    • Pesquisa
    • MP927
    • Aviso convênio 2020
    • Banner
    • BRASILIT BANNER
    • Banner eliminacao
    • banner protocolo
    • Banner audin
    • abaixo assinado trabalho escravo

    Verba trabalhista coloca em funcionamento 10 leitos de UTI em Ilha Solteira (SP)

    Destinações do MPT e da Justiça do Trabalho possibilitam atendimento em saúde intensiva em tempos de pandemia do Coronavírus; valor ultrapassa R$ 1 milhão

    Araçatuba/Presidente Prudente - A Justiça do Trabalho deferiu os pedidos do Ministério Público do Trabalho (MPT) para a destinação de R$ 1.015.375,94 em benefício do Hospital Regional de Ilha Solteira (SP), administrado pela Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, que possibilitará colocar em funcionamento 10 leitos de UTI que estavam parados há 5 anos, por falta de credenciamento com o Sistema Único de Saúde (SUS). A iniciativa tem como objetivo direcionar verbas de processos trabalhistas para o combate ao Covid-19 (Coronavírus). A inauguração oficial das instalações será nessa quarta-feira, 1 de abril, às 15h.

    Imprimir

    MPT e Justiça do Trabalho destinam R$ 347 mil para ações de enfrentamento ao Coronavírus em Araraquara, São Carlos e Taquaritinga (SP)

    O montante atenderá necessidades apontadas pelas Secretarias de Saúde de Araraquara e São Carlos e pela Santa Casa de Taquaritinga; verba será utilizada para compra de EPIs e equipamentos hospitalares

    Araraquara - O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Araraquara e a Justiça do Trabalho destinaram um total de R$ 347.162,97 em valores indenizatórios, resultantes de três ações trabalhistas, às Secretarias de Saúde dos Municípios de Araraquara (R$ 90.000,00) e São Carlos (R$ 51.107,28), e à Santa Casa de Taquaritinga (R$ 206.055,69); os montantes serão destinados para ações de enfrentamento à pandemia do COVID-19 (Coronavírus).

    Imprimir

    Prédio do MPT vira ponto de coleta de alimentos para famílias carentes de Campinas

    Iniciativa tem como objetivo fornecer meios para subsistência daqueles que mais sofrem com a pandemia do Coronavírus

    Campinas - A partir dessa segunda-feira, 30 de março, o Ministério Público do Trabalho (MPT) estará de portas abertas para receber alimentos não-perecíveis para doação às famílias carentes de Campinas que sofrem economicamente com a pandemia do Coronavírus. A Procuradoria passa a ser um ponto de coleta do Banco Municipal de Alimentos, programa de segurança alimentar ligado à Secretaria de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH) da Prefeitura Municipal de Campinas.

    Imprimir

    MPT destina R$ 2,6 milhões para aumentar testes de coronavírus no HC da UNICAMP

    Montante possibilitará aumentar 300 para 20 mil testes semanais; Santa Casa de Valinhos recebe R$ 100 mil para compra de suprimentos

    Campinas - O Ministério Público do Trabalho (MPT) destinou R$ 2,6 milhões para o Hospital das Clínicas da UNICAMP, montante que será investido exclusivamente no custeio de testes para o diagnóstico de Covid-19 (Coronavírus). Segundo estimativas da UNICAMP, a destinação possibilitará ampliar de 300 testes semanais, realizados atualmente, para 20 mil testes semanais.

    Imprimir

    Liminar mantém funcionamento do Hospital Geral de Campinas

    Decisão determina penhora de bens para pagamento de trabalhadores e a nomeação de administrador judicial

    Campinas - O Ministério Público do Trabalho (MPT) obteve liminar determinando o imediato afastamento de todos os administradores do Hospital Geral de Campinas (H.G.C – Hospital Geral de Campinas Ltda. e G.G. Nucci Consultoria em Administração) e a decretação de intervenção judicial por seis meses. A medida emergencial teve como objetivo manter a continuidade da prestação de serviços do estabelecimento, especialmente em tempos de pandemia de coronavírus, com a possibilidade de sanar os débitos com os trabalhadores. A procuradora Luana Lima Duarte Vieira é responsável pelo processo.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos