• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario

  • BRASILIT BANNER
  • Aviso desfazimento 02 2019
  • Banner eliminacao
  • banner protocolo
  • Banner audin
  • abaixo assinado trabalho escravo

MPT discute trabalho escravo no II Fórum Campinas pela Paz

Direitos humanos e migrações também serão temas abordados em discussões com especialistas no dia 1º de maio; iniciativa integra evento que contará também com apresentações musicais e gastronomia

Campinas - O Ministério Público do Trabalho participará ativamente do “II Fórum Campinas pela Paz”, programado para acontecer de 30 de abril a 1 de maio em Campinas, com realização da prefeitura da cidade e apoio da UNESCO, Banco Mundial e Fórum das Américas.

Os procuradores Catarina von Zuben e Gustavo Accioly se reunirão com outros atores para discutir o tema “Direitos Humanos e Trabalho Escravo Contemporâneo”, no dia 1º de maio, às 11 horas, na casa de Vidro no Lago do Café. O jornalista e ativista Leonardo Sakamoto, idealizador da ONG Repórter Brasil, também integrará a mesa de discussões, juntamente com o vice-coordenador do Observatório de Direitos Humanos da UNICAMP, Luis Renato Vedovato.

Logo em seguida, às 12h, a procuradora Catarina von Zuben, que é coordenadora nacional da Coordenadoria Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo (CONAETE), se reúne com outros integrantes para debater o tema “Direitos Humanos, Migrações e Refúgio”. Estão elencados como debatedores a pesquisadora da UNICAMP e especialista em fluxos migratórios, Rosana Baeninger, a advogada e pesquisadora Juliana Armede, a jornalista venezuelana Alba Andrade e a também pesquisadora Natália Demétrio.

Trabalho escravo - Segundo informações do Observatório Digital do Trabalho Escravo no Brasil, uma iniciativa do MPT em conjunto com a OIT, mais de 45 mil trabalhadores já foram resgatados do trabalho análogo ao de escravo no país de 2003 a 2018. A criação de bovinos de corte, cultivo de arroz e atividades ligadas ao corte de cana-de-açúcar são os segmentos que registraram maior número de resgates no período.

Fórum – O Fórum é um desdobramento das ações do movimento #CampinasPelaPaz, promovido pela prefeitura municipal em 2017, como forma de criar política pública indutora da construção da paz no Município.

Além de debates e mesas de discussão, o evento contará com atividades culturais, apresentações musicais e gastronomia. A entrada é franca.

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos